Sorteio Curso de Linguagem Groovy

Você é um desenvolvedor conservador? Gosta de linguagens de programação com checagem de tipos, de compilação e de polimorfismo por contrato físico?

Ou você é um desenvolvedor mais dinâmico, dispensa checagem de tipos, gosta de programação dinâmica,  funcional, curte closures e polimorfismos sem burocracia nenhuma por duck type?

Ou você é como eu, gosta de misturar essas duas abordagens no mesmo projeto, escolhendo o lugar e a hora de aproveitar cada um desses recurso sobre cada contexto de projeto?

Groovy faz tudo da forma que você quiser, ela uma linguagem moderna, OOP, estática, compilada, dinâmica e funcional FP. Na verdade, ele faz o que você quiser. Cada classe, cada método pode ser escrito de forma tipado, estático e compilado ou dinâmica funcional. Isso quem decide é vc! Temos nosso combo de cursos Groovy M1 ensinando a maioria dessas funcionalidades!

Sorteio

Nossa promoção do mês de fevereiro será o sorteio do Groovy F1 no dia 01/02/18. Para participar do compartilhe o link desse post no seu facebook, faça um print e envie juntamente com seu nome para fernandofranzini@gmail.com.

“O teu amor é melhor do que a própria vida, e por isso eu te louvarei.” Salmos 63:3

Anúncios

Front-End Responsive Framework

Segue as opções de frameworks para se criar front-end web responsive com grid-layout:

Para todas as informações, veja o post inicial.

“Pois Deus mandou o seu Filho para salvar o mundo e não para julgá-lo.” João 3:17

Spring Framework 5.0.3 and 4.3.14

Spring Framework 5.0.3 e 4.3.14 estão disponíveis a partir dessa semana, como outro par de lançamentos e refinamento que são recomendados como atualizações imediatas para todos os usuários! Para todas as informações, veja blog oficial.

“É melhor ser pobre e temer a Deus, o SENHOR, do que ser rico e infeliz.” Provérbios 15:16

RefCards – Core Java Concurrency

Este cartão de referencia ajudará os desenvolvedores Java a trabalhar com programas multi-threaded, entendendo os principais conceitos de concorrência e como aplicá-los. Veja os principais aspectos do idioma Java e obtenha referências na biblioteca principal.

“Eu, o SENHOR, examino os pensamentos e ponho à prova os corações. Eu trato cada pessoa conforme a sua maneira de viver, de acordo com o que ela faz.” Jeremias 17:10

Eclipse e Sublime – Concorrente ou Complementar?

Gosto muito de usar Eclipse, mas também gosto de usar Sublime. Qual dos dois é o melhor? Não interessa! Para que comparar se você pode usar os dois juntos? Vejamos um caso que aconteceu comigo:

No eclipse é possível configurar extensões de arquivos para abrir automaticamente em outros programas externos. Eu acho que o editor de XHTML do eclipse meio chato as vezes. Assim eu prefiro usar XHTML via sublime.  Assim, eu configurei o eclipse para abrir automaticamente o sublime todas as vezes que abrir um arquivo XHTML. Como fazer?

Passo 1

Clique em cima do arquivo dentro do eclipse com botão direito, opção “Open With“->”Other“. Ele abrira um caixa de dialogo chamada de “Editor Selection“.

Passo 2

Clique no botão  “Browser” e navegue para sua pasta de instalação aonde se encontra o sublime.exe. Faça a seleção do executável:

Passo 3

Marque o check box “Use this editor for all .xhtml files” e confirme com o botão “OK“. A partir disso, todas as vezes que dentro do eclipse você tentar abrir um arquivo XHTML, o eclipse abrirá o sublime com o arquivo em mãos para você trabalhar!

Fica totalmente transparente, leve, fácil e você acaba podendo usar o melhor das duas IDE no mesmo projeto, escolhendo qual tipo de arquivo abrirá no eclipse ou no sublime! Faça a mesma operação para qualquer tipo de arquivo. Até a próxima galera :D!

“Meus queridos amigos, não acreditem em todos os que dizem que têm o Espírito de Deus. Ponham à prova essas pessoas para saber se o espírito que elas têm vem mesmo de Deus; pois muitos falsos profetas já se espalharam por toda parte.”1 João 4:1

Sorteio Curso de Groovy 01/02/18

Você é um desenvolvedor conservador? Gosta de linguagens de programação com checagem de tipos, de compilação e de polimorfismo por contrato físico?

Ou você é um desenvolvedor mais dinâmico, dispensa checagem de tipos, gosta de programação dinâmica,  funcional, curte closures e polimorfismos sem burocracia nenhuma por duck type?

Ou você é como eu, gosta de misturar essas duas abordagens no mesmo projeto, escolhendo o lugar e a hora de aproveitar cada um desses recurso sobre cada contexto de projeto?

Groovy faz tudo da forma que você quiser, ela uma linguagem moderna, OOP, estática, compilada, dinâmica e funcional FP. Na verdade, ele faz o que você quiser. Cada classe, cada método pode ser escrito de forma tipado, estático e compilado ou dinâmica funcional. Isso quem decide é vc! Temos nosso combo de cursos Groovy M1 ensinando a maioria dessas funcionalidades!

Sorteio

Nossa promoção do mês de fevereiro será o sorteio do Groovy F1 no dia 01/02/18. Para participar do compartilhe o link desse post no seu facebook, faça um print e envie juntamente com seu nome para fernandofranzini@gmail.com.

“O teu amor é melhor do que a própria vida, e por isso eu te louvarei.” Salmos 63:3

Java Framework – DataSource

Segue as opções de frameworks para datasource:

Para todas as informações, veja o post inicial.

Gostaria de aprender sobre datasource? Veja nosso curso oficial JEE DataSource.

“Foi assim que Deus mostrou o seu amor por nós: ele mandou o seu único Filho ao mundo para que pudéssemos ter vida por meio dele.”1 João 4:9