Sugestão EAD

Linguagem Java continua no topo…

Postado em Atualizado em

Para alegria de muitos e tristeza de muitooooooosss outros 😦 …Java ainda é a linguagem mais usada! Veja a tiobe de junho 2017 :

Cuidado com os “bla bla bla”, “Java morreu”, “Java vai morrer” por aí da concorrência. Fato é que a plataforma e linguagem Java é a mais usada e domina há mais de 10 anos! E você? Quer se tornar um programador profissional de Java? Temos uma grade de formação completa em Java – Java SE P1 – Pacote Programador Profissional Java com ótimos descontos! Te espero por lá 😀 !

“Porém, quando o Espírito Santo descer sobre vocês, vocês receberão poder e serão minhas testemunhas em Jerusalém, em toda a Judeia e Samaria e até nos lugares mais distantes da terra.” Atos 1:8

Seja livre com Groovy!

Postado em Atualizado em

imagesVocês já viram aqueles debates sem fim sobre uma coisa ser melhor que outra, no qual não existe uma verdade absoluta? Linux ou window? Vi ou emacs? Tabs ou spaces? Cristiano Ronaldo ou Leonel Messi? Android ou iOS?

Pois bem, é exatamente o que acontece hoje com as linguagens de programação. Muitos defendem as linguagens dinâmicas e outros as estáticas, alguns as fortemente tipada e outros fracamente tipadas. A onda agora é exaltar as linguagens que oferecem programação funcional declarativa e meter o pau nas linguagens imperativas. A questão real é que não existe verdade absoluta, cada uma das opções tem suas vantagens e desvantagens! É uma discussão sem vencedor.

Mas pense comigo…por que você precisa escolher um caminho? Por que não usar todos ao mesmo tempo?

Penso eu que, o objetivo de uma linguagem de programação não é forçar ou amarrar o programador a uma determinada forma, mas sim dar opções para ele usar o melhor em cada caso.

É exatamente o motivo do por que eu uso groovy!

Groovy é uma linguagem de programação oop, funcional, imperativa, declarativa, dinâmica, estática, fracamente tipada e fortemente tipada. Ela foi projetada reconhecendo o valor de cada uma dessas abordagens.

Assim, em groovy, é você quem decide a abordagem da programação!!!

O que eu mais curto nela é possibilidade de misturar todas essas opções no mesmo projeto, podendo então extrair o melhor de cada mundo em cada situação especifica.

Seja livre para decidir e ou misturar o melhor de cada abordagem na programação de suas soluções com a JVM. Ficou interessado nessa poderosa linguagem? Veja nossa grade de curso de Groovy com desconto de 10%. Te vejo por la.

“Alegrem-se sempre.” 1 Tessalonicenses 5:16

Pacote Cursos Java Avançado MA

Postado em Atualizado em

“Eu já aprendi o básico de Java e de orientação a objetos! E agora? Como faço para avançar?”

Se você já assimilo o básico da sintaxe da linguagem Java e de orientação a objetos, agora é hora de se aprofundar em itens de programação avançada JSE e OOP: autobox, var-args, enum, generics, interfaces, polimorfismo, design by contract, exceptions, collections, javadoc, programação funcional, interfaces funcionais, métodos de interfaces, herança múltipla, lambda, streams e muito mais!

Para isso, nós criamos um pacote promocional chamado de Java SE – Módulo Avançado  que reúne 3 cursos avançados que vão completar sua formação para um programador java profissional. Depois disso, você já pode então escolher um segmento especifico da JVM: desktop, web, ejb, web services, tablet, mobile, Iot, etc… para se especializar. Esse pacote agrupa todos os cursos avançados de JSE, gradualmente e didaticamente sequenciados,  com 15% de desconto (R$ 82,00) sobre o valor total de todos os cursos individuais.

Nível de Dificuldade

Intermediário

Pré-requisitos

  • Tem feito o curso JSE M1 ou possuir conhecimentos dos seus tópicos.
  • Pc contendo no mínimo de 2 GB RAM com Windows VISTA/WIN7/WIN10.

Exercícios

Total de 88 exercícios, 10 minutos em média de tempo para cada um.

Tempo de Aula

  • +- 15h30 de videos em aulas.
  • +- 14h13 de exercícios práticos.
  • Total aproximado de 39h00 de horas em aula.

Disponibilidade

Acesso limitado por 90 ano a partir da matrícula.

Grade

Acesse cada curso para ver sua respectiva grade:

  1. Java SE F3 – Programação Java Avançado 1
  2. Java SE F4 – Programação Java Avançado 2
  3. Java SE F5 – Desenvolvedor Funcional Java 8

“As pessoas aprendem umas com as outras, assim como o ferro afia o próprio ferro.” Provérbios 27:17

O que um desenvolvedor Java profissional tem que saber?

Postado em

Java continua sendo uma das plataformas mais populares. Em um mergulho profundo nas linguagens de programação mais populares para 2017, o Java ficou em segundo lugar entre as linguagens de programação mais utilizadas e as com os repositórios mais ativos do GitHub – superados apenas pelo JavaScript em ambas as categorias.

Além de seu uso generalizado, também é a linguagem de programação mais demandada entre os empregadores, com mais listas de trabalho em Indeed (até março de 2017) buscando desenvolvedores com habilidades Java do que qualquer outro idioma. Então, naturalmente, se você é um dos empregadores por trás das mais de 36.000 ofertas de emprego que procuram desenvolvedores Java ou você é um programador Java que procura seu próximo show, as habilidades e características que definem os grandes desenvolvedores Java para além do pacote são informações cruciais. E se você é um programador Java procurando o seu próximo emprego, sabendo quais habilidades você deve nivelar e quais as características a serem promovidas para seus futuros empregadores, é uma informação de bom conhecimento. Veja a opinião desses 20 lideres, respondendo essa pergunta – https://dzone.com/articles/20-dev-leaders-thoughts-on-great-java-devs.

Gostaria de começar sua carreira em Java? Temos cursos unitários, pacotes combos e pacotes com formação completa – https://for-j.myedools.com. Gostaria de negociar mais descontos para todo seu time? Ente em contato conosco e faça seu orçamento.

“A minha graça é tudo o que você precisa, pois o meu poder é mais forte quando você está fraco” 2 Coríntios 12:9

Programação Orientada a Objetos com Java

Postado em Atualizado em

Programação Orientada a Objetos é um paradigma de programação que usa abstração para criar modelos baseados no mundo real. POO usa várias técnicas vindas de paradigmas previamente estabelecidos, incluindo modularidade, polimorfismo e encapsulamento. Atualmente, muitas linguagens de programação populares (como Java, JavaScript, C #, C ++, Python, PHP, Ruby e Objective-C) permitem a programação orientada a objetos (POO).

A POO pode ser vista como o projeto de software utilizando uma coleção de objetos em cooperação, em oposição a uma vista tradicional, em que um programa pode ser visto como uma série de funções, ou simplesmente como uma lista de instruções para o computador. Em OOP, cada objeto é capaz de receber mensagens, processar dados e envio de mensagens para outros objetos. Cada objeto pode ser visto como uma pequena máquina independente, com um papel ou responsabilidade distinta.

A POO se destina a promover uma maior flexibilidade e facilidade de manutenção na aplicação, e é muito popular em engenharia de softwares de grande escala. Em virtude de sua forte ênfase na modularidade, código orientado a objetos destina-se a ser mais simples de desenvolver e mais fácil de entender mais tarde, prestando-se a uma análise mais direta, codificação e compreensão de situações e procedimentos mais complexos do que nos métodos de programação menos modulares.

Classe
Define as características do objeto. Uma classe é uma definição modelo das propriedades e métodos de um objeto.
Objeto
Um exemplar de uma classe.
Atributo
Uma característica do objeto, como cor, modelo, fabricante se estivemos representando um veículo, por exemplo.
Método
Uma ação do objeto, como ligar, desligar, frear se estivemos representando um veículo, por exemplo. É uma subrotina ou função associada a uma classe.
Construtor
Um método chamado assim que um novo exemplar do objeto for criado. Ele geralmente tem o mesmo nome da classe que o contém.
Herança
Uma classe pode herdar características de outra classe.
Encapsulamento
Uma maneira de agrupar os dados e os métodos que usam os dados.
Abstração
A conjunção de herança complexa, métodos, propriedades de um objeto devem refletir adequadamente um modelo da realidade.
Polimorfismo
Diferentes classes podem definir o mesmo método ou propriedade.

Como aprender tudo isso?

Aprender tudo isso da trabalho, é cansativo e precisa de vários livros. Para aqueles que não querem trilhar esse caminho por conta, nós criarmos 2 cursos em Java que cobrem todos esses assuntos, de forma rápida, direta e com profissionais certificados, credenciados e com décadas de anos de experiência real:

Estamos a sua disposição para qualquer dúvida!

“Vocês o amam, mesmo sem o terem visto, e creem nele, mesmo que não o estejam vendo agora.”1 Pedro 1:8

Swing com RAD

Postado em

De vez em quando eu também faço um Swingão com RAD…Pois, ninguém é de ferro né! kkk

Quer aprender também a fazer? Veja nosso curso de Java SE Swing – Desenvolvedor de Interfaces Gráficas Desktop. Te vejo por la!

“Por isso purifiquemos a nós mesmos de tudo o que torna impuro o nosso corpo e a nossa alma.”2 Coríntios 7:1

Como construir um bom sistema?

Postado em Atualizado em

Você sabe o que é desenvolver e entregar um bom sistema? Não estou falando do ponto de vista do consumidor, estou falando do ponto de vista do desenvolvedor. Estou me referindo da qualidade das “estruturas internas” que suportam a existência de um sistema, muitas das vezes chamado de “arquitetura de software”. O legal do assunto, é que não precisa ser respondido por nenhum ser humano, sendo que o próprio código da solução fala por si. Como?

  • A solução esta fácil de alterar?
  • Esta fácil localizar itens internos?
  • Esta fácil trocar componentes velhos por novos?
  • Esta fácil trocar frameworks velhos por novos?

Se sim, o sistema esta muito bem! Parabéns!!! E se:

  • Não esta fácil de alterar.
  • Não se acha nada.
  • Não da para trocar nada, tudo amarrado.
  • Sistema funcionando não se mexe!
  • Ninguém quer assumir a bucha?
  • Toda vez que mexe quebra alguma coisa?

Ai meu querido, “azedou o pé do frango”. Esse sistema ta ruim 😦 .

Um bom sistema, cresce e evolui de complexidade ao longo do tempo, dentro de um controle e de uma gestão. Um sistema ruim, cresce e aumenta de complexidade ao longo do tempo fora de controle, ficando pior a cada dia, como se fosse uma “bomba relógio”.

Aprenda a lidar como essa situação fazendo nosso curso ead de AQT M1 – Introdução a Arquitetura de Software com Java e venha entender os fundamentos de como construir um bom sistema!

Sorteio Grátis Do Curso

Nossa promoção do mês de maio sera o sorteio desse curso no dia 31/05/17. Compartilhe esse post no seu facebook, faça um print e envie juntamente com seu nome para fernandofranzini@gmail.com. Boa sorte a todos!

“Por isso, não fiquem preocupados com o dia de amanhã, pois o dia de amanhã trará as suas próprias preocupações. Para cada dia bastam as suas próprias dificuldades.” Mateus 6:34