Archive | Arquiteto RSS for this section

Consultoria Arquitetural

arquitetura

Sua corporação esta planejando projetar uma solução Java? Qual estilo arquitetura utilizar? Quais frameworks adotar? Como fazer a integração com outras soluções legadas? Qual servidor de aplicação escolher? Como levantar requisitos não funcionais? Como resolvê-los? Estas são apenas algumas das muitas questões a ser resolvidas pelo profissional responsável por projetar uma solução Java. Nós da FOR-J oferecemos uma consultoria especial com o objetivo de suprir esse “know-how”, direcionando o projeto da solução para as escolhas adequadas e praticas de engenharia da atualidade. Como funciona essa consultoria?

Levantamento dos Requisitos Não Funcionais

No primeiro contato a empresa contratante passa por uma entrevista e um questionário com o objetivo de fazer o levantamento de todos os requisitos não funcionais do produto a ser elaborado. A empresa contratante deve obrigatoriamente chegar com os requisitos funcionais previamente esclarecidos e identificados.

Proposta Arquitetural

É elaborado pela FOR-J uma proposta de projeto com a definição de um estilo arquitetural, front-end, back-end, componentização, patterns, mecanismos de segurança, adoção de frameworks, integrações, entre varias outras coisas. Em um segundo contato é feito uma sessão no formato de palestra no qual é apresentada ao contratante uma proposta de arquitetura e as justificativas de como ela resolve o cenário da solução proposta, utilizando documentação UML. Em caso de clientes remotos, essa consultoria pode ser feita através de emails, Skype ou áudio conferencia.

Escopo

Esta fora do escopo da consultoria providenciar a implementação da arquitetura proposta, download dos frameworks, integração dos mesmos, montagem da arquitetura e do ambiente de desenvolvimento, ficando isso de exclusiva responsabilidade da empresa contratante.

Pagamento

O pagamento deve ser obrigatoriamente feito até o primeiro encontro de levantamento de requisitos via deposito ou boleto bancário.  Estamos à disposição para quaisquer outras informações – fernandofranzini[arroba]gmail.com ou (43)8407-4007.

“Confia ao SENHOR as tuas obras, e os teus desígnios serão estabelecidos.” Provérbios 16:3

Você sabe como avaliar a adoção de uma nova tecnologia?

imagesImagine que você esta pensando em adotar uma nova plataforma ou um novo framework para seus projetos. Quais são os itens que você deve avaliar antes de decidir adotar uma estrutura particular ou biblioteca como parte do seu stack? Debbie Madden resumiu esses itens de forma simples e rápida. Veja o artigo. Falando em nível de brasil, eu acrescentaria 2 itens nesse checklist:

  • Existem livros, cursos, fóruns em português desse novo produto?
  • A equipe tem condições de aprender esse novo produto em inglês?

Um ótimo final de semana a todos:) .

“É melhor passar um dia no teu Templo do que mil dias em qualquer outro lugar.” Salmos 84:10

Você precisa de ajuda na OCMJEA? Conte comigo…

040748ajudaFaz algum tempo que eu tenho me disponibilizado para ajudar muitos companheiros de profissão a passar na prova OCMJEA. Pessoal me manda email, whatsapp e etc. Ando até corrigindo e revisando essays. Eu me coloco a total disposição seguindo o modelo de politica do javaranch, desde que você faça os seguintes passos:

  1. Abre uma thread de discussão na forum GUJ – http://www.guj.com.br/c/programacao/arquitetura
  2. Envie no meu email o link da discussão para que eu possa entrar da thread – fernandofranzini[arroba]gmail.com .

A partir dai, podemos passar o tempo que precisar discutindo tópicos e situações dessa prova. “Tamo Junto aeee…”

“Mas, acima de tudo, revesti-vos da caridade, que é o vínculo da perfeição.” Colossenses 3:14

 

Como se transformar em um arquiteto de software? V2

images

Estes dias atras me perguntaram quais seriam as informações mais básicas para se tornar um arquiteto de software. Segue ai a resposta bem resumida:

1)Modelo C4

Para o plano arquitetural conhecido como “blueprint” de um projeto, se faz necessário projetar a solução usando diagramas. Esqueça a UML! Eu uso modelo chamado de “C4”. Aprenda no livro Software Architecture for Developers.

2)Projeto e Design DDD

Para o design de camadas e projeto oop, se faz necessário uma abordagem 100% OO. Eu uso uma técnica chamada a de “Domain Driven Design”. Aprenda no livro Domain-Driven Design: Atacando as Complexidades no Coração do Software.

3)Desenvolvimento TDD

Para o desenvolvimento, se faz necessário usar uma abordagem de construção de software. Eu uso uma técnica chamada de “Test Driven Design”. Aprenda no livro Test-Driven Development – Teste e Design no Mundo Real.

4)Design Emergente

Para criação e evolução da estrutura do produto em desenvolvimento, se faz necessário o uso de alguma abordagem. Eu uso uma chama de”Design Emergent”. Aprenda no livro Emergent Design: The Evolutionary Nature of Professional Software Development.

5)Linguagem Dinâmica

Para programação oo, use uma linguagem de programação dinâmica no qual se possa usufruir de técnicas como metaprogramming e duck type. Eu uso Groovy, aprenda no livro Programming Groovy 2: Dynamic Productivity for the Java Developer. Um arquiteto nos dias atuais deve saber quando dosar estruturas com Design By Contract versus Design By Capabilities.

Eu me coloco a total disposição para ajudar e resolver duvidas de qualquer um interessado em trilhar esse caminho. Se você precisar de uma ajuda extra e tem interesse em investir em cursos, nossa grade de arquitetura cobre a maioria desses tópicos AQT M1, M2 e M3. Bons estudos!!!.

“Mas, em todas estas coisas somos mais que vencedores, por meio daquele que nos amou.” Romanos 8:37

Guide to Enterprise Integration

unnamed
Faça donwload do Guia DZone para Enterprise Integration de 2015 que investiga novas tendências no cenário de integração e como esses novos padrões e tecnologias podem ajudar a reduzir as dificuldades de integração. Abrange microservices, SOA, plataformas de integração em nuvem, comunicações RESTful e como superar os problemas com sistemas distribuídos.

“enquanto aguardamos a bendita esperança: a gloriosa manifestação de nosso grande Deus e Salvador, Jesus Cristo.” Tito 2:13

Arquiteto Java – Spring Framework

spring1Mesmo depois dos avançados das ultimas especificação do JEE , vemos que ela ainda esta muito longe de se igualar as opções oferecidas pela plataforma Spring. Vale a pena lembrar que da mesma forma que as especificações vão melhorando ao longo do tempo, o Spring também vai evoluindo em uma velocidade muito mais rápida e ampla, uma vez que não depende de nenhum tipo de votação comunitária.

Eu mesmo ao longo dos meus 15 anos de experiência, sempre tive a cautela de preferir produtos JCP ao invés de proprietários, visando o grande ideal da portabilidade e a independência de vendor, mas na prática percebo que ao longo do tempo tenho adotado os produtos Spring mais e mais. Motivo? O mesmo pelo qual o Spring foi criado: ser uma opção muito mais rápida, barata e leve de um lightweight container que ofereça serviços plugáveis de infraestrutura para soluções corporativas com a mesma qualidade.

Hoje a minha dica é sobre os principais livros de Spring atualizados para os interessados em se aprofundar nessa poderosa plataforma:

51nY36Dqo5L._BO2,204,203,200_PIsitb-sticker-arrow-click,TopRight,35,-76_AA300_SH20_OU01_

Spring in Action  é o livro mais básico que te ensina os pilares do uso de serviços no Spring. Nele você também aprendera os serviços e recursos mais básicos que ele proporciona.

415x7PWAe5L._BO2,204,203,200_PIsitb-sticker-arrow-click,TopRight,35,-76_AA300_SH20_OU01_

Just Spring Integration  é o livro que estende o spring oferecendo os serviços de infraestrutura voltados para integração de soluções definidos pelo catalogo de patterns de integração conhecidos pelo EAI.

51RXnaly93L

Spring Data é o livro que estende o spring oferecendo os serviços de infraestrutura voltados para persistência de dados relacionados com banco de dados relacionais e NoSQL.

Existem outros livros mais específicos de outros serviços que você também pode estar estudando como, por exemplo, Spring Bath in Action e Pro Spring Security

Uma vez que você domine todos estes serviços, você praticamente se tornara um “Arquiteto Java Spring”, dominando contextos de soluções mais modernos da atualidade e apto para projetar soluções corporativas de pequeno, médio e grande porte.

“Filhinhos meus, estas coisas vos escrevo para que não pequeis. Se, todavia, alguém pecar, temos Advogado junto ao Pai, Jesus Cristo, o Justo;” 1 João 2:1

Como se transformar em um arquiteto de software?

images

Estes dias atras me perguntaram quais seriam as informações mais básicas para se tornar um arquiteto de software. Segue ai a resposta bem resumida:

1)Modelo C4

Para o plano arquitetural conhecido como “blueprint” de um projeto, se faz necessário projetar a solução usando diagramas. Esqueça a UML! Eu uso modelo chamado de “C4”. Aprenda nesse livro: https://leanpub.com/software-architecture-for-developers .

2)Projeto e Design DDD

Para o design de camadas e projeto oop, se faz necessário uma abordagem 100% OO. Eu uso uma técnica chamada a de “Domain Driven Design”. Aprenda nesse livro: http://www.altabooks.com.br/domain-drive-design-atacando-as-complexidades-no-coracao-do-software.html .

3)Desenvolvimento TDD

Para o desenvolvimento, se faz necessário usar uma abordagem de construção de software. Eu uso uma técnica chamada de “Test Driven Design”. Aprenda nesse livro: http://www.casadocodigo.com.br/products/livro-tdd .

4)Design Emergente

Para criação e evolução da estrutura do produto em desenvolvimento, se faz necessário o uso de alguma abordagem. Eu uso uma chama de”Design Emergent”. Aprenda  nesse livro: http://www.amazon.com/Emergent-Design-Evolutionary-Professional-Development/dp/0321889061

Agora é com você:) ! Bons estudos a todos…

Se você precisar de uma ajuda extra e tem interesse em investir em cursos, nossa grade de arquitetura cobre a maioria desses tópicos, veja:  https://fernandofranzini.wordpress.com/2015/01/12/treinamentos-arquitetura-de-software-2015/

“Ora, nós conhecemos aquele que disse: A mim pertence a vingança; eu retribuirei. E outra vez: O Senhor julgará o seu povo. Horrível coisa é cair nas mãos do Deus vivo.” Hebreus 10:30-31

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 628 outros seguidores