Padrões de Integração – Message Translator 5

Os padrões anteriores descrevem como construir mensagens e como direcioná-las ao destino correto. Em muitos casos, as soluções de integração encaminham mensagens entre aplicativos existentes, como sistemas legados, aplicativos empacotados, aplicativos personalizados internos ou aplicativos operados por parceiros externos. Cada um desses aplicativos é geralmente construído em torno de um modelo de dados proprietário. Cada aplicativo pode ter uma noção ligeiramente diferente da entidade do Cliente, dos atributos que definem um Cliente e de quais outras entidades um Cliente está relacionado.

Além dos modelos de dados proprietários e formatos de dados incorporados nas várias aplicações, as soluções de integração muitas vezes interagem com formatos de dados padronizados que buscam ser independentes de aplicativos específicos. Há vários consórcios e órgãos de normas que definem esses protocolos. Em muitos casos, a solução de integração precisa ser capaz de se comunicar com partes externas usando os formatos de dados “oficiais”, enquanto os sistemas internos são baseados em formatos proprietários.

Como os sistemas que usam diferentes formatos de dados podem se comunicar usando mensagens?

Use um filtro especial, um Message Translator, entre outros filtros ou aplicativos para converter um formato de dados em outro.

O Message Translator é o equivalente do sistema de mensagens do padrão Adapter descrito em [GoF]. Um adaptador converte a interface de um componente em outra interface para que possa ser usado em um contexto diferente.

Para todas as informações desta série, veja esse artigo. Para acessar o resumo de todos os padrões, veja esse link.

“Não amem o mundo, nem as coisas que há nele. Se vocês amam o mundo, não amam a Deus, o Pai.” 1 João 2:15

Anúncios