Salvo mais uma vez pelo TDD…

i33^cimgpsh_orig

Hoje eu precisei ficar o dia todo fazendo merge de 3 fork de projetos que infelizmente se acumulou por dependências externas. Ninguém gosta, mas de vez em quando acontece. A surpresa do dia é que não foi possível fazer o merge, sendo que varias classes acabaram com implementações cruzadas sobrepostas “azedando o pé do frango”. A unica solução foi refazer o código usando as versões da cada fork.

Na primeira tentativa, reorganizei o código visualmente no qual eu tinha certeza que iria dar certo. Quando rodei a suite de teste, a surpresa foi barra vermelha, com 12 bugs. Na segunda tentativa, acabei vendo que errei feio na junção do código e que eu já estava totalmente perdido kkkk…. Rodei a suite e barra vermelha novamente. Foi então que percebi que tinha que refazer a lógica por completa! Gastei longas 2 horas para corrigir!

Moral da história?

Sem a metologia TDD e sem a Suite de Testes Automatizada, eu seria mais uma vítima do problema mais velho, tosco e básico da gestão de desenvolvimento de software conhecido como Bug Retroativo, que nada mais é que colocar uma nova versão de um sistema em produção com novas funcionalidades, quebrando antigas já existentes. Para os interessados em aprender essa metodologia de desenvolvimento, veja nosso treinamentos ágil de TDD com Java. Obrigado Kent Beck, essa de hoje eu dedico para você!!!

“Aquele que pratica o pecado é do Diabo, porque o Diabo vem pecando desde o princípio. Para isso o Filho de Deus se manifestou: para destruir as obras do Diabo.” 1 João 3:8