2º Princípio Ágil

imagesMudanças de requisitos são bem-vindas, mesmo que tardiamente no desenvolvimento. Processos ágeis se aproveitam das mudanças visando promover vantagem competitiva para o cliente

O Segundo princípio simplificado: Estamos sempre dispostos a mudar se for para o bem do negócio de nosso cliente. No mundo ágil o foco é no valor sob a ótica do cliente. Ele é o dono do negócio e deve saber o que é melhor para o seu negócio. Aderência a um plano existente ou a normas estabelecidas por metodologias ou processos de desenvolvimento não podem ser justificativa para deixarmos de atender ao nosso cliente.

Mais do que isso: as mudanças surgem normalmente de alterações no mercado ou do aumento do conhecimento do usuário sobre o assunto, fruto do próprio desenvolvimento. Em ambos os casos a solução é mudar e agradecer, respectivamente, por ter a possibilidade de sempre se ajustar às demandas do mercado e por ter um cliente que cresce junto com o projeto, que participa junto com a equipe da criação do novo produto.

Resumindo… Se o cliente solicita alguma mudança é porque ele precisa. E ele é o dono do negócio!!! O que podemos fazer de melhor é adaptar os planos e atendê-lo. Desenvolver um produto que faça o nosso cliente obter sucesso é o nosso objetivo. E o quanto antes isso ocorrer melhor.

Sei que todos os princípios são muito importantes, mas acho esse especialmente importante… ele traz a essência do espírito ágil: maximizar o valor para o cliente! Assim, para nunca nos esquecermos do segundo princípio, proponho uma oração ágil.

É assim que você desenvolve o produto para o seu cliente? Você tem recebido com naturalidade ou até entusiasmo as mudanças de requisitos solicitadas? Fonte – http://blog.myscrumhalf.com/2011/09/2%C2%BA-principio-do-manifesto-agil/

“O sábio de coração aceita os mandamentos, mas o insensato de lábios vem a arruinar-se.” Provérbios 10:8

Anúncios