Opções de PaaS Java

Postado em Atualizado em

Platform-as-a-Service-PaaSPlataforma como serviço (PaaS) é a entrega de um ambiente de computação em camadas de soluções como serviço. Ofertas PaaS facilitam a implantação de aplicações de menor custo e complexidade na compra e gestão do hardware, software e recursos de provisionamento de infraestrutura, que fornece todas as facilidades necessárias para suportar o ciclo de vida completo de construção e entrega de aplicações web e serviços totalmente disponíveis a partir da Internet.

Este conceito oferece uma plataforma de desenvolvimento de aplicações, inclusive de software como um serviço. Em resumo: ações como desenvolver, compilar, debugar, deploy e test em uma aplicação passaram a ser executadas na nuvem. Pode parecer que estamos voltando à época dos mainframes – e, de certa forma é isso mesmo –, porém de forma organizada e escalar. A vantagem deste serviço é poupar custos, não alocar hardware desnecessariamente, não se preocupar com detalhes de instalação de SO e servidores e Java e poder escalar dados de forma simples sem ter que lidar com o ambiente físico diretamente.

Java sendo multiplataforma e baseado em especificação acabou se tornando praticamente umas das melhores opção que se encaixa com esse modelo de cloud. Segue uma listagem do principais provedores PaaS hoje disponíveis:

Depois de muito estudo e pesquisa, o que melhor se encaixou com os meus projetos foi o OpenShift da Red Hat (https://www.openshift.com/) no qual a conta free tem direito a 3 maquinas linux, cada uma com 512MB de RAM + 1 GB de HD. Dentro das opções de servidores Java, você pode optar pelo Tomcat ou jBoss  já configurado e tunado, com MySQL, MongoDB ou PostgreSQL. Para todas as informações veja – https://www.openshift.com/developers/java

“Pois o SENHOR ama a justiça e não desampara os seus santos; serão preservados para sempre, mas a descendência dos ímpios será exterminada.” Salmos 37:28

Anúncios