Cloud JEE 7

Postado em

Foi liberada a versão inicial (early draft) da especificação Servlet 3.1 (JSR 340). Entre as melhorias estão o suporte ao desenvolvimento de aplicações em nuvem PaaS; aperfeiçoamentos em segurança e no gerenciamento de sessões e recursos; IO assíncrono baseado no NIO2, e simplificação da criação de servlets assíncronos. O Servlet 3.1, além disso, faz uso dos utilitários de concorrência do Java EE (JSR 236) e introduz suporte a WebSockets. O Servlet 3.1 atende ao objetivo principal do futuro Java EE 7: a execução de aplicações em ambientes de nuvem públicos e privados, seguindo o modelo de Plataforma como Serviço (PaaS).

Dentro de um container web, será possível compartilhar uma aplicação com múltiplos clientes, ou ter uma instância de aplicação instalada por cliente. Pode-se fazer o mapeamento dos clientes diretamente no container e garantir o isolamento das aplicações instaladas. Além disso, recursos de configuração personalizados poderão ser criados para cada cliente, além de se poder definir metadados para os serviços.

Para suportar PaaS efetivamente, são levados em consideração requisitos como segurança, estados das sessões, gerenciamento de recursos (ex.: conexões com bancos de dados, filas de mensagens e outros), além do isolamento das aplicações.

“Ó SENHOR, Senhor nosso, quão magnífico em toda a terra é o teu nome! Pois expuseste nos céus a tua majestade.” Salmos 8:1

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s