AQT M1 2012 – Arquiteto de Soluções Java

Objetivos

Devida a rápida e continua evolução computacional e o aumento constante das complexidades tecnológicas da atualidade, as empresas corporativas tem reconhecido a necessidade de preencher um novo papel estratégico denominado “Arquiteto de Software”. Esse novo profissional é quem atualmente tem sido responsável pela conversão das necessidades de negócios corporativas em tecnologia, potencializando no desenvolvimento de soluções as qualidades mínimas requeridas como segurança, performace, escalabilidade, reutilização, redução de custos e a evolução sustentável do negócio e da tecnológica adotada.
Objetivo deste curso é introduzir o participante ao cenário atual das complexidades tecnológicas encontradas na produção de soluções corporativas, abordando de forma conceitual as atividades básicas desempenhadas por um arquiteto de software. O curso aborda as mudanças arquiteturais ocorridas nas ultimas décadas, cruzando as tecnologias oferecidas pela plataforma Java, atividades básicas de um arquiteto de soluções e diversas estratégias de resolução de requisitos não funcionais. O curso é finalizado com algumas dicas gerais e indicações de literaturas.

Duração: 14 hs
Valor R$  250,00
Forma de Pagamento: 10% de desconto a vista ou 2 vezes no boleto registrado.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

Evolução do Cenário Corporativo

  • Concetualização.
  • Cenário de soluções anos 90.
  • Modelo arquitetural anos 90.
  • Perfil de um profissional de desenvolvimento anos 90.
  • Cenário de soluções atual.
  • Modelo arquitetural atual.
  • Perfil de um profissional de desenvolvimento atual.
  • Arquiteto de software e seu papel.

Papel do Arquiteto de Software

  • Concetualização.
  • Requisitos funcionais
  • Requisitos não funcionais – explícitos e implícitos.

Atividades do Arquiteto de Software

  • Concetualização.
  • Conhecimentos mínimos.
  • Projeto arquitetural.
  • Plano de escalabilidade.
  • Plano de disponibilizade.
  • Plano de segurança.
  • Atividades paralelas.

Estratégias de Resolução – Requisitos Não Funcionais

  • Performance
  • Integração
  • Confidencialidade.
  • Integridade.
  • Confiabilidade.
  • Disponibilidade.
  • Escalabilidade.
  • Auditoria/Não Repudio.
  • Flexibilidade e Extensibilidade.
  • Manutenibilidade.

Princípios Básicos de OOP

  • Single Responsibility (SRP)
  • Open Closed (OCP)
  • Liskov Substitution (LSP)
  • Interface Segregation (ISP)
  • Dependency Inversion (DIP)
  • Don’t Repeat Yourself (DRY)
  • Conhecimento Mínimo
  • Acyclic Dependencies

Estratégias de Resolução – Vulnerabilidades de Solução

  • Buffer Overflow
  • XSS Script
  • SQL Injection
  • JavaScript Off
  • Malicius File Execution
  • Cross Site Request Forgery – CSRF
  • Duplicate Form Submissions
  • Dictionary
  • Brute Force
  • Man in the Middle – MITM
  • Session Replay
  • Session Fixation
  • Key Logger
  • Mouse Logger
  • Insecurity Storage
  • Browser Storing Data
  • Browser Storing Data History
  • Unrestritcted URL Acess
  • Forceful Browsing
  • Worflow Undue
  • Overlapping Transaction
  • Client Side Authorization
  • Query String Manipulation
  • Form Field Manipulation
  • Cookie Manipulation
  • Header Manipulation
  • Insecure Direct Objetc References
  • Unvalidated Redirects and Forwards
  • Flaw Error Handling and Information Disclousure
  • Auditing e Logging

Dicas Gerais

  • Posicionamentos que um arquiteto não pode ter.
  • Como se tornar um arquiteto.
  • Indicação de literatura.

Os interessados em participar deste curso pode nos enviar sua solicitação de interesse através desse cadastro.

About these ads